Foto de capa: Daniel Funes Fuentes em unsplash.com

Amadurecer é o grande segredo do crescimento

Uma vez em sala de aula da Imersão Gestão em Negócios Criativos veio à tona a questão do Retorno de Saturno. Muitos na hora não entenderam e do outro lado da sala veio mais uma questão: e quem já passou por dois? O tal retorno planetário se resume da seguinte forma: Saturno leva 29 anos para dar a volta ao sol, a Terra leva 365 dias, somente. O aluno queria dizer que aos 29 anos finalmente estava amadurecendo. E eu te pergunto: O que é tempo para você?

Seria o tempo uma simples medida marcada por anos contabilizados por voltas ao sol? Amadurecer é tão ruim assim? O mundo está pronto para nos receber? Vamos viver até os 120 anos, como se diz no judaísmo?

Em outro post falei também da maturidade e seu ingresso na Economia Criativa. Ando lendo mais sobre o assunto e convivendo também. Recentemente fui à um evento chamado Maturiday, realizado pela Firjan, era a mascote, aprendiz e atenta. E quantas lições num mesmo dia. Essa matemática de diferenças de idade é somente mera obsessão para uns e paranóia para outros.

A cada dia, descubro que querer viver mais e praticar o autocuidado faz parte da rotina diária. As relações profissionais e pessoais não se preocupam mais com a sua idade na carteira de identidade. A fórmula certa é achar seus pares para um melhor convivio. E quando isto acontece é tão bom que Saturno e Terra podem dar mil voltas ao sol. Estamos vivendo!

Foto: Malcolm Lightbody em unsplash.com

Percebi que os maturis estão com muita vontade. Uma pesquisa recente mostra que em cada quatro empreendedores no Brasil, um tem acima de 55 anos, todos iniciando o segundo retorno de Saturno. E estão prontos a aprender e mergulhar na criatividade e inovação, mais felizes e maduros. Boa parte está no segundo ou terceiro casamento. Os filhos estão criados e o netos crescendo. É a maravilha do mundo novo que chega com muitos estímulos digitais e reais. Estão todos atentos às ferramentas e com muita vontade de conversar e trocar entre si.

Dos que tive a honra de compartilhar, na sua maioria, está buscando algo para fazer e como surgem ótimas ideias. São as realizações dos sonhos, sonhados há muitos anos. A bagagem é volumosa e não pesa. É o sustento emocional e o equilíbrio de entender o tempo das coisas. São menos ansiosos do que o jovens, na sua maioria, explora o terreno que vai pisar e a ousadia é certeira. Já vivenciaram situações e isto serve para todos os setores da vida. Conseguem escrever com autonomia este novo capitulo da sua própria história.

Ouvi também histórias de pessoas que driblaram a crise alugando a casa de veraneio para eventos, outra que passou a organizador armários e bibliotecas, um marido que faz chocolate vegano, uma consultora de carreira online e uma personal style.

A nossa vida é feita no nosso tempo, no amadurecimento e a nossa história quem escreve somos nós. Segundo o historiador israelense Yuval Harari, em passagem recente pelo Brasil: “Não é que vamos ter uma revolução de inteligência artificial em 2020 e teremos alguns anos para nos adaptar. Ela já está acontecendo agora. As pessoas vão precisar se reinventar a todo momento”

E os maturis estão aprendendo rapidinho tudo isso e recebendo muito bem o retorno de Saturno!

Um beijo,

2 Replies to “O retorno de Saturno”
  1. Parabéns , você amarrou bem o assunto ! Bj

Deixe uma resposta